Os cookies ajudam-nos a oferecer os nossos serviços. Ao utilizar a nossa página, concorda com a nossa política de cookies. Saiba Mais

Álvaro Braga, presidente da Boavista SAD, em entrevista.

2017-09-12


Presidente, Este é um início de campeonato diferente do esperado...

ABJ- Há verdades irrefutáveis. Não esperávamos que tal sucedesse, até porque, desde o regresso à Liga NOS, temos ciclicamente procurado reforçar o plantel,  visando o objectivo pretendido, que é fazer um campeonato tranquilo, subindo degrau a degrau. Esta é, para já, a meta exigível e exigida. E que –acredito - vai ser atingida.

Prosseguindo: - Que fique claro que estamos preocupados. É uma situação inesperada, para a qual todos temos que dar resposta. Clube e SAD dialogam e seguem o mesmo caminho. Um valor da Instituição Boavista é preservar a estabilidade. Não somos indiferentes aos problemas, não fechamos os olhos mas preferimos decidir com a razão e não com a emoção.



Vem aí um jogo complicado,  com o Benfica.

ABJ - Outra evidência. Vamos defrontar uma grande equipa mas estes jogos também servem para motivar e empolgar. Estou certo de que os jogadores que entrarem em campo vão querer mostrar que o que está para trás não corresponde à nossa verdade. Todo o grupo de trabalho tem uma magnífica oportunidade para dar a volta a situação. Esta inversão pode começar já no sábado, a despeito de não ignorar o valor da equipa que vamos defrontar.


Muito se tem falado das arbitragens, mas a Boavista,SAD não o tem feito... 

ABJ -  Claramente, porque não há razão para tal. Em todos os jogos oficiais já disputados as equipas de arbitragem têm estado bem, não nos beneficiando nem prejudicado. Exactamente o que se espera. No momento em que conversamos não sei quem irá dirigir o jogo com o Benfica. Mas acredito que, seja quem for, quererá contribuir para um grande espectáculo.


Uma palavra para a equipa B.

ABJ - Como é conhecido, lutamos muito por ela. Começou a vencer (é sempre bom um início assim) e interpretará fielmente o que lhe é pedido antes de tudo o mais: prosseguir o correcto crescimento de muitos nossos sub-19 e de outros jovens. Todos eles sentem que, estando na B, estão mais próximos da equipa principal.


Conta com o apoio dos sócios no sábado?

ABJ - Sem dúvida que sim. E não necessito de fazer apelos. Este clube já passou por momentos difíceis e os sócios e a claque estiveram sempre presentes. Neste grupo está muita da nossa força. Naturalmente que claque, associados e mesmo adeptos estão tristes e desiludidos.  Mas, juntos, como sempre, ultrapassarem os esta fase.