Os cookies ajudam-nos a oferecer os nossos serviços. Ao utilizar a nossa página, concorda com a nossa política de cookies. Saiba Mais

Miguel Leal: rescaldo Benfica - Boavista

2017-01-14


Miguel Leal, no rescaldo do empate na Luz, afirma que o Boavista entrou muito bem no jogo e que tinham “uma estratégia apontada para aproveitar os pontos menos fortes do Benfica. Entrámos com crença de vencer. Fomos pressionantes, fomos dividir as bolas no campo todo, procurámos jogar e fomos felizes fazendo 3 golos. Depois o Benfica acordou e começou a equilibrar o jogo”.

O treinador axadrezado explana que “depois de estar a ganhar 3-0 fico triste com o resultado, mas não foi possível por mérito do adversário. Tinha dito que este jogo seria um bom teste e eu acho que demos uma resposta positiva, mas também percebemos que ainda temos que crescer mais”.

Aponta no jogo “um período que se calhar pensámos mais em defender o resultado em vez de querer marcar mais golos. E isso fez com que o Benfica fosse crescendo. É verdade que tivemos a possibilidade de matar o jogo, mas o Benfica também teve oportunidades e fomos infelizes no auto-golo. Por isso, no geral, o resultado aceita-se”.

Concernente à fase atual do Boavista, somando a 4ª partida sem perder, Miguel Leal atesta que a equipa “está a trabalhar para conseguir rapidamente os seus objetivos, a partir daí temos que fazer o melhor possível e de preferência sermos melhores que nas épocas anteriores. Por isso, temos de continuar a lutar até voltarmos a ser um dos clubes cimeiros na tabela”, finda.