Os cookies ajudam-nos a oferecer os nossos serviços. Ao utilizar a nossa página, concorda com a nossa política de cookies. Saiba Mais
05 . FEV . 2019
“Boavista Padel Team” em franca evolução

Após pouco mais de um ano de atividade desta nossa modalidade desportiva, PADEL, o incremento ao nível de Atletas e a qualidade dos resultados desportivos já alcançados, é digna de realce e prestigiante para o Boavista FC. 

 

Na atual época, que se iniciou apenas há pouco mais de 3 semanas, são já 4 os troféus alcançados pelo Padel do Boavista FC (Boavista Padel Team).

 

No primeiro torneio, com organização a cargo da “MarPadel”, os nossos Atletas, Artur Soares e Filipe Silva conquistaram o primeiro troféu do ano vencendo na vertente M4.

 

No segundo fim-de-semana de 2019, foi a vez das nossas Atletas mostrarem o Padel axadrezado no torneio “Sotinco”. Rita Rosário e Joana Silva venceram a final de F4 após vitória no primeiro set por 7-5 e um super “tie break” muito competitivo por 16-14.

 

Na terceira semana deste ano desportivo a Boavista Padel Team foi até à Póvoa com quatro duplas no torneio organizado pelo “Mais Padel” e continuou a série de vitórias que tem alcançado em 2019. Neste que foi o terceiro fim-de-semana do ano, foram dois os troféus que trouxemos para o Bessa!

 

No primeiro dia de torneio, no indoor da “Póvoa”, Miguel Aranha e Miguel Cruz, na sua estreia oficial, fizeram dois excelentes jogos mas acabaram eliminados por outra dupla axadrezada. Também na sexta-feira, no “Clube da Praia”, os nossos Atletas, Marco Ramos e Momo Brito e Faro entraram em campo em Mistos 3 conseguindo uma excelente vitória mas que, infelizmente, foi insuficiente para a passagem à fase seguinte. Lúcio Gomes e Nuno Martins, que jogaram pela primeira vez juntos, passaram à fase de grupos com 2 grandes triunfos por 9-1 e 9-4.

 

No sábado, a nossa dupla de M3, Ricardo Mendes e Marco Ramos, iniciaram em grande estilo assegurando lugar nos oitavos-de-final. 

 

No terceiro e último dia de torneio, a Boavista Padel Team venceu todos os jogos em M3 e M4 atingindo assim duas finais. 

 

Na final de M3, Marco Ramos e Ricardo Mendes venceram por 9-0/9-1, uma final tranquila onde a dupla axadrezada provou o seu valor. 

 

Em M4, num jogo “impróprio para cardíacos”, Lúcio Gomes e Nuno Martins, venceram o primeiro set por 6-3 e a perder o segundo por 5-2 tiveram uma espetacular reação conseguindo a vitória em “tie break” (7-2) e fechando o jogo com uma vitória por 7-6! Uma final muito competitiva onde o “jogar à Boavista” foi decisivo no alcançar deste excelente resultado.

 

Parabéns a todos os Atletas e Dirigentes desta nossa recente modalidade desportiva pela excelente dinâmica que tem sido implementada desde o seu inicio de atividade e pelos valiosos resultados desportivos alcançados, que obviamente, muito contribuem para a notoriedade e prestigio do Boavista FC